Gestão eficiente ajuda a vencer os desafios da produção de madeira

////Gestão eficiente ajuda a vencer os desafios da produção de madeira

Gestão eficiente ajuda a vencer os desafios da produção de madeira

Por Fabrício Emiliano

02 de abril de 2019

Gestão eficiente ajuda a vencer os desafios da produção de madeira

O uso de tecnologias aplicadas na potencialização da produtividade e da gestão é um caminho sem volta para os setores produtivos

Ausência de infraestrutura adequada para escoamento da produção, falta de incentivos fiscais, a complexidade tributária brasileira e a instabilidade do mercado cambial são algumas das principais dificuldades enfrentadas pelo setor florestal brasileiro. A instabilidade do mercado cambial, inclusive, desestabilizou o mercado madeireiro da região Sul do Brasil, em meados de 2008, e os efeitos desse fato até hoje são sentidos pelo setor, dado o grau de incertezas.

O setor produtivo, por sua vez, também é afetado por eventos tais como incêndios, geadas, ventos fortes, furtos (no campo e na estrada), baixa qualidade na produção, perdas operacionais, incidência de pragas e doenças e o manejo inadequado das florestas.

Diante deste cenário, que contribui para onerar o processo produtivo, as empresas precisam se estruturar e se organizar para conseguir responder aos desafios que se impõem, garantindo a produção de madeira com alta qualidade e de forma rentável.

O setor florestal vem demonstrando elevada capacidade de desenvolvimento, mas os desafios evidenciam a importância de se gerir com mais eficiência todos os processos da cadeia florestal, aí incluídas as etapas de planejamento, definição do mercado comprador da madeira, escolha dos melhores fornecedores de materiais e serviços e controle eficiente na compra de insumos. O objetivo é garantir melhores preços e prazos de entrega, escolha de máquinas e equipamentos mais adequados conforme topologia e condições climáticas, dentre outras variáveis.

Na cultura de pinus, especificamente, para preservar a qualidade das toras, a logística de corte e entrega para a indústria moveleira deve ser just in time, além da necessidade de manter integradas as equipes de vendas, planejamento e operacional.

Em um processo altamente integrado, o cliente solicita um produto e a área de vendas da empresa o atende prontamente, registrando o pedido e confirmando a data de entrega. O planejador, munido de informações sólidas sobre a produtividade das suas florestas, qualidade, estratégia, logística etc., informa à equipe operacional as áreas que serão colhidas; a equipe operacional controla o envio de cada carga, desde o carregamento, até emissão de documentos fiscais referentes a cada carga, gerando um processo altamente rastreável.

Além disso, o caminhão dispõe de um celular com dados de posicionamento geográfico que são enviados para uma central de monitoramento. Por fim, o cliente consegue rastrear, via internet, o percurso e o tempo estimado para entrega da carga e, uma vez entregue o produto, o cliente aprova o recebimento e o faturamento é liberado.

Neste contexto, as empresas lançam mão de sistemas informatizados para planejar, registrar, analisar e gerir todo o processo produtivo, além da possibilidade de registrar e acompanhar os principais pontos que influenciam os custos de produção de uma floresta: custos para construção e manutenção de estradas, condições climáticas, custo dos combustíveis, topografia, solo, taxa de câmbio e mão de obra. Os sistemas de gestão neste caso, possibilitam à empresa flexibilizar a alocação desses custos conforme suas necessidades.

O uso de tecnologias aplicadas na potencialização da produtividade e da gestão é um caminho sem volta para os setores produtivos, e não poderia ser diferente para a produção de madeira. O gestor necessita ter em mãos informações não somente relacionadas ao controle operacional e ao planejamento de atividades, mas que lhe possibilitem conhecer detalhadamente todos os custos do processo produtivo, desde a prospecção de terras a serem adquiridas, alugadas ou arrendadas, até a entrega da madeira em seu destino final. Isso tudo permite que tarefas como determinar preços, margens de lucro e o melhor momento de venda sejam mais eficientes.

Os desafios do setor produtivo de madeira são inúmeros, mas a busca por mecanismos que auxiliem a superá-los deve ser contínua. A tecnologia associada a processos adequadamente estruturados, como as incorporadas nos sistemas da INFLOR, eleva significativamente a sustentabilidade do negócio.

Guia com principais funcionalidades e benefícios do sistema INFLOR Forest

Saiba como as principais empresas do setor estão maximizando seus resultados através da  gestão eficiente de seus ativos florestais.

Para acessar é necessário o
cadastro de Nome e Email.

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
2019-04-23T16:27:38-03:00

Deixar Um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.